SAIBA MAIS - Segurança psicológica no trabalho: Saiba como promover na sua empresa

06 de junho de 2022
Jornal Contábil

Construir e manter um ambiente de trabalho saudável fisicamente e mentalmente para os funcionários é um desafio que todas as empresas precisam enfrentar em algum momento se desejam ter uma equipe engajada e produtiva. Afinal, quando somos estimulados positivamente e acolhidos em nosso local de trabalho, é muito mais provável que façamos nossas atividades com mais animação e satisfação.

Uma cultura organizacional que estimula o compartilhamento de ideias e perguntas, a solução de problemas e a boa convivência é fundamental para o crescimento profissional dos trabalhadores e para o desenvolvimento da empresa como um todo.

Mas o que é, de fato, a segurança psicológica? Como as empresas podem promover a segurança psicológica no ambiente de trabalho? A mywork vai te ajudar a entender estas e outras questões ao longo deste artigo. Continue com a leitura!

O que é segurança psicológica no trabalho?

O termo “segurança psicológica” foi cunhado e estudado pela professora Dra. Amy Edmondson, da Harvard University, nos Estados Unidos. Ela determina que a segurança psicológica é “uma crença compartilhada entre os membros de uma equipe de que a equipe é segura para a tomada de riscos interpessoais”.

Assim, a segurança psicológica pode ser entendida como o fator que proporciona um ambiente de trabalho seguro e confortável para que as pessoas sejam autênticas, criativas e possam compartilhar suas ideias, dúvidas e visões sem receios.

Uma das grandes preocupações de muitos profissionais é o medo de serem criticados ou até mesmo de sofrerem retaliações diante de erros e conflitos no ambiente de trabalho. Esse tipo de situação é extremamente prejudicial para o desenvolvimento das equipes e de novas ideias como um todo, já que é através das falhas e do compartilhamento de visões que novas ideias e projetos inovadores podem surgir.

Um clima organizacional denso, que não proporciona espaços para erros, pode inclusive aumentar o estresse e a insatisfação das equipes. Afinal, um ambiente que não oferece segurança psicológica dificilmente contará com o engajamento dos profissionais que desejam propor novas soluções.

A segurança psicológica no trabalho cria um ambiente em que os funcionários não têm medo de ser punidos, retalhados, constrangidos ou ridicularizados e isso proporciona mais espaço para criatividade e harmonia na convivência.

Quais são os principais aspectos da segurança psicológica?

Existem quatro aspectos principais que podem fazer parte da segurança psicológica dentro de uma empresa e eles são:

Cada um destes aspectos têm um impacto direto na criação de um ambiente de trabalho harmonioso, seguro e saudável tanto para as equipes quanto para as lideranças.

Sempre que ficamos com receio de expor nossas ideias e opiniões, estamos limitando as possibilidades de debates construtivos e novas ideias surgirem. Isso priva toda a equipe de entrar em contato com novas visões.

Assim, vamos observar cada um dos aspectos relacionados à segurança psicológica com mais detalhes a seguir.

Expressão

Os funcionários precisam se sentir confortáveis para expressar suas ideias, pontos de vista, questionamentos e dúvidas com o restante da equipe. Isso proporciona a troca de conhecimentos e experiências entre os profissionais e abre espaço para debates construtivos e resoluções de conflito motivadas pelos próprios colaboradores.

Ter diretrizes claras de expressão e comunicação respeitosa dentro da empresa ajuda a construir um ambiente em que a segurança psicológica é valorizada e assegurada aos funcionários.

Interação

Ao incentivar a interação entre as equipes, inclusive entre aquelas que atuam em funções diferentes, a empresa cria uma rede de compartilhamento de informações e de conhecimento entre os profissionais. 

A interação de profissionais de várias equipes e cargos ajuda a cultivar um clima de conforto e familiaridade na empresa e cria espaços para que uma cultura de feedback constante surja.

Aprendizado

Como consequência direta dos dois fatores anteriores, está o aprendizado. Equipes que interagem e se expressam com frequência naturalmente desenvolvem novas habilidades e podem estabelecer novos processos internos que agilizam as atividades da empresa. Isso é um grande benefício para os times e para a organização como um todo.

Pertencimento

O pertencimento é um dos fatores mais importantes para a formação de qualquer grupo humano. Quando nos sentimos parte de algo maior do que nós e somos verdadeiramente acolhidos, a tendência é que nos esforcemos cada vez mais para manter o bem-estar e para valorizar nossos colegas. Este processo acontece, inclusive, dentro das empresas.

Por isso, o pertencimento é um aspecto muito importante para estabelecer a segurança psicológica dentro de uma empresa.

Como promover a segurança psicológica no dia a dia de trabalho?

Com um mercado de trabalho cada vez mais dinâmico, muitas empresas brasileiras precisam se adaptar às novas necessidades dos funcionários em relação à segurança e harmonia no ambiente de trabalho.

Cuidar para que os colaboradores se sintam valorizados, ouvidos e constantemente aprendendo é essencial para a criação e manutenção de equipes de alto desempenho.

A seguir vamos te mostrar algumas ações que podem ajudar a promover a segurança psicológica no trabalho.

Cultura de feedback

Estabelecer uma rotina de feedbacks recorrente e bem desenhada é um bom primeiro passo para promover a segurança psicológica. 

Quando a empresa cria um canal transparente e confiável que permite a escuta ativa, a troca de percepções, opiniões e avaliações cria-se também uma rotina de desenvolvimento e troca entre lideranças e liderados. 

O departamento de RH deve ser diretamente envolvido na estruturação de canais e processos de feedback que visem o desenvolvimento do capital humano da empresa como um todo.

Tolerância aos erros e às diferenças

Muitas pessoas podem se sentir inseguras para expor suas dúvidas e dificuldades dentro do ambiente de trabalho. Muitos ficam com medo de que suas perguntas sejam “perguntas bobas”, o que pode impactar na solução de questões que seriam facilmente respondidas por outros colegas ou gestores. O medo de errar e de expor dificuldades é um grande impeditivo para os profissionais avancem dentro da empresa. 

Criar uma cultura de tolerância aos erros e orientada à solução de problemas é uma ação que ajuda muito tanto os funcionários quanto a organização. É importante que a empresa deixe claro que dúvidas e questionamentos são bem-vindos e fazem parte do processo de aprendizado dos times.

Isso promove mais conforto para que as pessoas compartilhem suas dificuldades sem medo de serem punidas e promovam novas ideias com a segurança de que serão ouvidas e respeitadas.

Incentivo à criatividades e à tomada de decisões

Incluir os funcionários na tomada de decisões referentes ao trabalho desenvolvido na empresa é uma ótima maneira de exercitar a escuta ativa, incentivar a criatividade e desenvolver futuras lideranças. 

As empresas que promovem a inclusão dos funcionários na tomada de decisão podem se beneficiar muito de outras visões e abordagens para novos processos e soluções.

Transparência de processos e informações

Prezar pela transformação de processos e dados deve ser uma das principais prioridades de empresas que desejam melhorar a segurança psicológica de seus funcionários.

Compartilhe nas redes sociais

Facebook Twitter Linkedin
Voltar para a listagem de notícias

Ainda tem dúvidas? Ligue (67) 3356-4410

Fale ConoscoEntre em contato para esclarecer suas dúvidas

Trocar imagem

Atuamos no mercado auxiliando as empresas, quanto a sua constituição, administração e consultorias.

Acompanhe-nos nas redes sociais:

Contate-nos

Rua Dollor Ferreira de Andrade, nº 135 - Francisco
Campo Grande - MS - CEP: 79002-321

contato@atsolucoes.com.br